Saúde

Termogênicos

20.3
Dra. Patrícia Peixoto

Tags: | | |

alimentos-termogênicos

Vamos falar de termogênicos?

Na busca pelo emagrecimento, muitos se interessam pelo uso dos termogênicos. Mas, afinal, o que são eles? 

Termogênicos são substâncias dotadas da capacidade de aumentar o gasto energético durante a digestão, potencializando a termogênese que é a transformação da glicose e da gordura em energia.

Onde podemos encontrá-los ?

Eles podem ser encontrados na natureza, como a pimenta vermelha, canela, gengibre, abacaxi, chá de hibisco, ou na forma industrializada, como no caso das cápsulas de cafeína anidra. Neste último caso, como a substância termogênica é concentrada na cápsula, há riscos de efeitos colaterais e por isso não devem ser utilizados antes de avaliação médica.

Eles são capazes de queimar gordura?

Embora seja animador pensar que uma substância levará à eliminação ou queima de gordura, isto não é verdade, elas apenas aceleram o metabolismo. E seu uso isolado não levará à perda de peso significativa. Os termogênicos podem ser considerados como coadjuvantes no processo de emagrecimento, onde o mais importante é uma dieta balanceada e a prática regular de exercícios. Somente desta maneira, seu uso potencializará e favorecerá o emagrecimento.

E quando é melhor consumí-los?

O mais recomendado é ingerir termogênicos no período diurno, durante uma refeição ou antes de praticar exercícios, para que o gasto calórico da digestão e da solicitação da força muscular seja potencializado. Consumí-los antes de dormir não é indicado, pois pode atrapalhar o repouso, gerando insônia.

Todos podem usá-los?

Não. Pelo seu modo de ação, a maioria dos termogênicos  tem o potencial de aumentar a pressão arterial e os batimentos cardíacos, sendo contra-indicados para pacientes hipertensos, com histórico de infarto ou que tenham arritmias. Uma vez que a pessoa pode ter uma destas doenças sem saber, uma avaliação médica é fundamental antes de se iniciar o uso destas substâncias. Quando falamos de suplementos termogênicos isso se torna ainda mais arriscado, uma vez que os princípios ativos são mais concentrados. Gestantes e crianças também não devem utilizá-los.

Onde encontrar os termogênicos naturais?

Na pimenta vermelha, no chá verde e no gengibre e também em frutas, como a casca da laranja, que é rica em termogênicos. O guaraná é outra fruta que também acelera o gasto calórico. Há ainda a canela, chá de hibisco, abacaxi e alimentos ricos em Ômega 3, como salmão e atum e frutas oleaginosas.

alimentos-termogenicos

Quanto e como consumí-los?

O ideal é o consumo diário, mas dentro de um limite estabelecido para que o aumento do metabolismo não se torne prejudicial. Para definir este limite e orientar o uso, o primeiro passo é procurar a avaliação de um profissional especializado.

 Há outras medidas que aumentam o metabolismo basal?

Sim! Vamos a elas:

    • Uma boa noite de sono, mantendo seus níveis de melatonina adequados, uma vez que desbalanços neste hormônio induzem aumento de peso, além de outros problemas de saúde.
    • Manter-se bem hidratado. A ingestão de ao menos 2 litros de água por dia é capaz de aumentar o gasto calórico em até 400 kcal
    • Alimentar-se corretamente ao acordar, incluindo um alimento do grupo das proteínas no desjejum, uma vez que o gasto calórico para digerir proteínas é maior do que em relação à carboidratos e gorduras;
    • Consumir a quantidade adequada de proteínas ao longo do dia;

 

  • Praticar exércicios físicos regularmente, uma vez que o metabolismo pode ficar aumentado por até uma hora após o final do exercício;
  • Construir uma massa muscular adequada, pois os músculos consomem mais energia que tecido adiposo. Quem reduz tecido gorduroso e aumenta massa muscular eleva o metabolismo basal.

 

Até a próxima!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>